A morte de Mário Soares

18-01-2017

Mário Soares de 92 anos, morreu no Hospital da Cruz Vermelha no dia 7 de Janeiro de 2017.

Estava internado desde terça-feira, 13 de Dezembro, onde entrou em situação crítica, depois de uma indisposição. Passou dez dias nos cuidados intensivos, para onde regressou na véspera de Natal, depois de um súbito agravamento do estado de saúde e onde esteve até este sábado.

Quem olhar para os últimos 50 anos da história de Portugal vai encontrar sempre Mário Soares: no ataque à ditadura, na libertação democrática, na resistência ao comunismo, na opção europeia, na solidez democrática. Foi, nos momentos decisivos, o líder de que Portugal precisava - e é por isso que hoje o país lhe deve muito.

Mário Soares destacou-se desde cedo na política. Ainda como estudante universitário (licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas em 1951 e em Direito em 1957), foi secretário da Comissão Central da Candidatura do General Norton de Matos à Presidência da República, em 1949, e estaria 11 anos depois na Comissão da Candidatura do General Humberto Delgado à Presidência da República.

Em 1971, devido às constantes perseguições da polícia política pelas suas críticas ao regime, viu-se obrigado a procurar refúgio em Paris. Dois anos depois, e ainda a viver na capital francesa, foi um dos fundadores do Partido Socialista, do qual foi o primeiro secretário-geral.

O regresso a Lisboa aconteceu em 1974, logo após o 25 de Abril, tendo sido chamado a assumir o cargo de ministro dos Negócios Estrangeiros, que, na época, passava essencialmente pelas negociações que conduziram à independência das colónias portuguesas. Foi primeiro-ministro 1976 e 1978 e 1983 e 1985, tendo sido um dos principais impulsionadores da entrada de Portugal na Comunidade Europeia, atual União Europeia.

Foi eleito Presidente da República em dois mandatos consecutivos, tendo ocupado o cargo entre 1986 e 1996. A sua vontade de estar próximo do povo, de conhecer as necessidades do eleitorado no terreno, deram uma nova perspetiva sobre o papel de chefe de Estado.~


Escrito por: Diogo Butes e Maria Beatriz Reis

Imagem retirada de: https://radiocomercial.iol.pt/noticias/65017/adeus-mario-soares

Fontes:

https://www.jn.pt/nacional/galerias/interior/a-morte-de-mario-soares-na-imprensa-internacional-5591786.html 

https://www.publico.pt/2017/01/07/politica/noticia/morreu-mario-soares-adeus-a-um-portugues-maior-1756035